O esmalte que nunca deixamos de usar!

As egípcias foram as primeiras a pintar as unhas, com henna preta, de 3.500 a 3.100 a.C.  e outros dizem que foi na China, outros, no Egito. Fato é que a pelo menos 5000 anos eles estão entre nós.
No antigo Egito as unhas eram coloridas de preto, com henna. Já, os Chineses utilizavam usavam vários extratos de plantas medicinais e purê de flores e ervas. Logo depois, surgiram os “esmaltes” feitos de goma arábica, clara de ovo, gelatina e cera de abelhas. 
Tanto entre os egípcios como entre os chineses, as cores nas unhas indicavam a classe social de quem utilizava. Cores mais escuras e vibrantes para as classes mais favorecidas, e as cores claras para as mulheres de classes sociais menos favorecidas. E, já houve um tempo em que mulheres que utilizavam cores muito extravagantes eram consideradas “pecaminosas”, e em alguns casos falava-se até em mulheres ligadas a bruxaria.

Há relatos de que no século 7 a.C., apenas os membros da família real podiam usar uma pasta dourada ou prateada na unha ( as cores reais mudariam mais tarde para vermelho e preto). E, de que Cléopatra criou uma lei determinando que ela seria a única autorizada a usar unhas pintadas de vermelho e, segundo a história, uma severa punição poderia ser aplicada para quem desobedecesse sua ordem, e a infratora podia até ser executada.



A evolução da esmaltação.

Em 1900  já havia um modelo precursor de esmalte de unha como o conhecemos hoje. Este esmalte era aplicado com um pincel de pelo de camelo, entretanto, este esmalte não permanecia mais que um dia nas unhas.
Em  1920 – ainda não havia exatamente um esmalte de unhas. Entretanto, a indústria automotiva criou a base dele, desenvolvendo esmaltes para carros. E Finalmente em 1925 foi lançado um esmalte de unha transparente, em tom rosado. Ele era aplicado no meio das unhas – a meia lua e a ponta das unhas ficavam nuas. Essa época proibia mulheres de reputação usar esmaltes muito chamativos, de cores fortes. 

Em 1932 – Charles e Joseph Revlon dois irmãos americanos, mais um químico criam o esmalte brilhante e colorido com pigmentos, para ser aplicado na unha toda. Nasce a marca Revlon e eles promovem pela primeira vez a tendência de maquiar os lábios e unhas da mesma cor.


E Hoje esmalte é moda é tendência tem tantas cores , tantas variações !

A esmaltacão faz parte da vida das mulheres .

Comments

comments

2 thoughts on “O esmalte que nunca deixamos de usar!

  1. Bruna

    Nossa, achei muito interessante a história do esmalte!! Nunca imaginei da onde surgiu o esmalte, amei o post de hoje!!!

    Reply

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *